Photo Credit To Eliandro Figueira RIC/PMI

Indaiatuba é 1ª entre Municípios com mais de 100 mil habitantes em índice federal

Índice de Governança Municipal avaliou finanças, gestão e desempenho

Indaiatuba está entre as cidades mais bem administradas do Brasil de acordo com o Índice CFA (Conselho Federal de Administração) de Governança Municipal divulgado na quinta-feira (6). O município obteve IGM 8,70, sendo o melhor avaliado entre as 155 cidades do país com mais de 100 mil habitantes e renda per capita acima de R$ 28.900. O índice avaliou a Governança Pública dos Municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho, considerando dados de 2017. A pesquisa agrupou os municípios semelhantes de acordo com o número de habitantes e renda per capita.

04 - Indice Federal
“Este índice nacional comprova o que as pesquisas regionais têm já revelado recentemente, estamos no caminho certo. Temos administrado a cidade com responsabilidade, prezando por uma gestão séria com planejamento estratégico para que nosso município cresça sustentável, com respeito ao meio ambiente e garantia de qualidade de vida à população. Resultados como esse nos motivam a intensificar o trabalho e o empenho para termos uma Indaiatuba cada vez melhor para esta e às futuras gerações”, salientou o Prefeito Nilson Gaspar (MDB).
O estudo considerou áreas como Saúde, Educação, Gestão Fiscal, Habitação, Recursos Humanos, Transparência e Segurança a partir de bancos de dados extraídos de bases públicas, como, IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), DATASUS, sistema informatizado do Sistema Único de Saúde, MPF (Ministério Público Federal), entre outros.
Nos indicadores de finanças, que analisam a disponibilidade de recursos e gestão fiscal, Indaiatuba alcançou 9,28. O estudo considerou dados fiscais, investimento per capita (Saúde e Educação), equilíbrio previdenciário e custo Legislativo.
Com relação à gestão, que avalia as práticas de administração adotadas pelos municípios, a cidade ficou com 8,30. Nesse caso foram verificados os quesitos colaboradores, planejamento, transparência e qualidade da gestão.

Conteúdo somente para assinantes. Por favor faça o login

 

Notícias Semelhantes